Domingueiras Tropicais

A Autêntica

PERÍODO DE 15/01/2017 a 19/02/2017
partir das 16h00

Endereço:
Como chegar


A festa Domingueiras Tropicais promove esquenta para o Carnaval de BH


Última Atualização: 18/01/2017

A festa Domingueiras Tropicais agita os domingos da casa de shows A Autêntica, no período de 15 de janeiro a 19 de fevereiro. A festa serve de aquecimento para o carnaval de BH.  
 
 
PROGRAMAÇÃO E OS BLOCOS
 
Então Brilha – 15/01
O Bloco ENTÃO, BRILHA! surgiu em 2010 como iniciativa de um grupo de amigos de Belo Horizonte que queriam brincar o carnaval no Rio de Janeiro. Motivados pelo trecho de um poema de Maiakovski, criaram um bloco que saiu pelas ruas da capital fluminense com o lema: “Gente é para Brilhar!”. A partir de 2011, esse mesmo grupo viu a possibilidade de fazer a festa em Belo Horizonte, que já apresentava desde 2009 um resgate da folia em suas ruas.
 
 
Garotas solteiras – 22/01
O Bloco Garotas Solteiras saiu às ruas pela primeira vez no carnaval de 2016,buscando ocupá-las em favor da diversidade sexual e do empoderamento feminino. Com um repertório formado por divas do pop e do funk, tendo Beyoncé como inspiração maior.
 
 
Havaianas Usadas – 29/01
O som da Bahia, dos carnavais, da rua. Dos surdos, repiques e caixas. Somados a congas, xequerê, agogô, guitarra e baixo. Uma voz alto astral que entoa clássicos do axé music dos anos 80 e 90 em um repertório que vai de Araketu a Daniela Mercury, de BamdaMel a Timbalada, de Caetano Veloso a Netinho. A presença de blocos afro como Olodum e Ilê Aiyê em levadas e construções rítmicas que celebram a força, a raça, a alegria, a paz e o amor.
 
 
Juventude Bronzeada - 12 /02
Formada em 2013, a banda Juventude Bronzeada  celebrar a baianidade do axé de raiz e é composta por Thales Silva (guitarra e voz), Rodrigo Magalhães (baixo e voz) e Fernando “Feijão” Monteiro (bateria), que também integram o grupo A Fase Rosa. No show, os músicos interpretam canções da Banda Mel, Olodum, Daniela Mercury, Caetano Veloso e outros grupos e cantores que marcaram a cultura baiana dos anos 90. 
 
 
Me Beija que Eu sou Pagodeiro – 05/02
Em 2014, os ex-integrantes do grupo de samba Chapéu Panamá, ao lado de músicos e amigos, reuniram-se para formar um bloco de carnaval de rua e homenagear aquele ritmo que foi fundamental na formação do caráter musical de uma geração – o pagode dos anos 90! Nascia aí o Me Beija que Eu Sou Pagodeiro, bloco que reúne em seu repertório pérolas da época como “Eu menti” e “O teu chamego é o meu xodó” do Grupo Raça, “Cilada”, “Paparico” e “Caçamba”, do Molejo, “Farol das Estrelas” e “Refém do Coração”, do Grupo Soweto, “Marrom bombom”, d’Os morenos, “Eu e ela” e “Poderosa” do Raça Negra, “Agamamou” e “Fricote” do Art Popular e “Inaraí” do Katinguelê. 
 
 
Beiço do Wando – 19/02
O Bloco “Beiço do Wando”, cujo nome é uma homenagem a um dos maiores cantores populares do país, surgiu num e um encontro entre amigos, com o interesse em comum no carnaval de BH e o brega romântico brasileiro. Além do Wando, a quem os integrantes do bloco chamam de “muso inspirador” o repertório traz também sucessos de Odair José, Fábio Jr., Reginaldo Rossi, Sidney Magal, Gretchen, Roberto Carlos, Roupa Nova e outros.
 
 
 
Serviço:
Festa: Domingueiras Tropicais
Quando: domingos de 15 de janeiro a 19 de fevereiro, às 16h
Com os blocos Então Brilha (15/01), Garotas Solteiras (22/01), Havaianas Usadas (29/01), Me Beija Que Sou Pagodeiro (05/02), Juventude Bronzeada (12/02) e Beiço do Wando (19/02)
 
Onde: A Autêntica  - Rua Alagoas, 1172 / Savassi– Belo Horizonte
Ingresso: R$ 20,00 (antecipados) – R$ 30,00 (portaria)